Páginas

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A Arte vai à Praça


O Projeto Ecoarte, desenvolvido pelos músicos Denilson Duarte e Guido Alves, fez sua primeira apresentação deste ano no dia 29 de março(domingo), às 19h, na Praça do Memorial da Resistência, Centro. A ação, que envolve música, teatro, poesia e artes plásticas se propõe a levar diversas artes às pessoas que não têm acesso diretamente aos variados tipos de expressão popular.

Segundo um dos idealizadores, músico Denílson Duarte, o projeto teve início há pouco mais de um ano quando ele e seu companheiro Guido Alves, certo dia, resolveram sentar na praça Rodolfo Fernandes, cada um em seu capacete e cantar para quatro pessoas que se encontravam no local.

De lá para cá, os músicos vêm servindo como mediadores da cultura para um público fiel. Hoje, o projeto já está consolidado e conta 50 participantes ativos, componentes de diversos grupos independentes da cidade.

As reuniões são realizadas sempre no último domingo de cada mês e reúnem pessoas dos 7 a 70 anos de idade. A intenção dos encontros é também resgatar a tradição das famílias irem às praças ouvir boa música e literatura e entrar em contato com as diversas artes.

Entre os integrantes do projeto está o coral de senhoras Fulô de Muçambê, conhecido por cantar músicas tipicamente nordestinas. O grupo é formado por 15 mulheres e surgiu de forma independente no ano 2000.

As componentes do Fulô de Muçambê já se conheciam, pois todas faziam caminhada na Estação das Artes todas as manhãs orientadas pelo professor Vivaldo.

O grupo musical surgiu quando esse professor convidou Denílson Duarte para ensaiar algumas músicas natalinas com elas. Depois disso, as senhoras não pararam mais e fazem apresentações por convites.

A cada período do ano, o Fulô de Muçambê ensaia músicas específicas por data comemorativa como por exemplo, março com o tema "mulher", maio com "mãe", junho, São João e agosto com a temática pais.

Quem também participa ativamente do Ecoarte é o Coral Semente do Amanhã, composto por crianças dos 8 aos 12 anos do Colégio Mater Christi. Ultimamente, além de canções infantis, o grupo tem ensaiado músicas de Genildo Costa para apresentação.

O evento também mostrará ao público belas canções entoadas pelo Grupo de Violão, da Escola de Música, trabalho voluntário executado pelos músicos Denílson e Guido há mais de um ano. O grupo é formado por 25 alunos entre crianças, adolescentes e idosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário