Páginas

domingo, 10 de maio de 2009

Mossoró entrará na rota dos grandes festivais

Nos últimos anos, o Brasil tem sido ocupado por inúmeros festivais de cultura independente, tais como o Bananada (Goiânia-GO), o Abril Pro Rock (Recife-PE) e o Calango Festival (Cuiabá-MT). Eventos que reúnem as novas manifestações da cultura brasileira e que representam um sopro novo de vigor e de energia para a cultura independente no país. É chegada a hora de Mossoró entrar na rota dos grandes festivais.

Pela primeira vez, será realizado o Festival Usina da Cultura, organizado pelo Instituto Anatália de Melo Alves (AMA). O evento ocorrerá nos dias 3 e 4 de julho deste ano, no Espaço Villa, no Hotel VillaOeste, e reunirá diversos segmentos culturais, como música, grafitagem, artes plásticas e cinema.

Dez bandas independentes irão compor a parte musical do evento. A banda Cordel do Fogo Encantado, que será a atração principal do evento, já está com presença confirmada. As outras nove bandas serão escolhidas através de uma seleção. Os grupos musicais, que desejam participar da seleção, devem fazer suas inscrições até o dia 29 deste mês. O resultado será divulgado no dia 5 de junho.

As inscrições poderão ser efetuadas no site do festival (www.festivalusinadacultura.com.br). Na página está disponível o formulário de inscrição, que deve ser baixado, corretamente preenchido e enviado para o e-mail bandas.usina@gmail.com. Com o formulário também devem ser enviadas três músicas autorais, “release’, logomarca e duas fotos em alta resolução. O regulamento completo da seleção também está disponível no site do evento.

As bandas selecionadas se apresentarão no dia 4 de julho, no Festival Usina da Cultura, e cada uma terá 30 minutos. Para as que residem fora de Mossoró, a organização do festival garante hospedagem e alimentação.

NÚCLEOS

De acordo com o diretor do Instituto AMA e também produtor Íbero Hipólito, a proposta do festival é a diversidade. Durante cinco anos, a entidade promoveu em Mossoró o Pro Rock, um festival de pequeno porte que trazia a apresentação de seis bandas. "A experiência adquirida com o Pro Rock nos deu suporte para encarar um festival com uma abrangência bem maior", salienta.

Por adotar essa proposta, o Festival Usina da Cultura foi dividido em cinco núcleos, que na verdade são temas centrais.

O primeiro dos núcleos é "Música". O festival terá 10 bandas independentes. Uma delas é o Cordel do Fogo Encantado (PE), uma das melhores bandas da nova música, cujo encanto tem sido levado aos quatro cantos do Brasil e até ao exterior. A escalação do festival será completada por grupos musicais escolhidos por uma comissão formada por artistas e produtores convidados pela produção do evento entre os grupos que se inscreverem na seleção do festival.

Tem também o núcleo "Artes Plásticas e Grafitagem". Este será composto por dois subnúcleos: 1) oficinas a serem realizadas com o público presente e 2) exposição e comercialização dos trabalhos de grafiteiros e artistas plásticos.

No núcleo "Comercialização Solidária" será realizada uma feira de comercialização solidária de produtos artesanais e agroecológicos, organizado pela Rede Xique Xique. Contará com 140 estandes, com produtores e produtos de 14 cidades do Rio Grande do Norte.

O festival ainda contará com o núcleo "Cinema e Vídeo". Este núcleo se divide em duas vertentes. A primeira consistirá na exibição de produções cinematográficas de produtores independentes. A segunda será um concurso de "vídeo de bolso", com inscrições gratuitas, que premiará os dois melhores vídeos produzidos com um aparelho celular.

O último núcleo chama-se "Debates e Oficinas" e nele serão promovidas discussões com nomes do cenário cultural local e de outros estados, tematizando a sustentabilidade do mercado da cultura e a profissionalização da classe artístico-cultural. Também serão realizadas oficinas sobre gestão de empreendimentos culturais, bem como sobre a utilização da Internet como uma ferramenta estratégica para a sustentabilidade no mercado da cultura.

PARCEIROS

O Festival Usina da Cultura tem a importante parceria da Fundação José Augusto - do Governo do Estado do Rio Grande do Norte -, e para sua realização, conta com apoio da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), da Rede Xique Xique de Comercialização Solidária, da TV Mossoró, das rádios 93FM Resistência, 96FM Alternativa e dos os jornais Gazeta do Oeste e O Mossoroense.

Fonte:http://www2.uol.com.br/omossoroense/mudanca/conteudo/universo_dia.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário