Páginas

sábado, 26 de setembro de 2009

"Duas Águas" hoje no Dix Huit

Com a proposta de mostrar a realidade da vida no Nordeste, o espetáculo "Duas Águas" promete envolver o público com uma história que retrata o cotidiano do sertanejo. Com essa expectativa, o Grupo de Dança Universitário de Mossoró (Grudum), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), sobe hoje, às 21h, ao palco do Teatro Municipal Dix-huit Rosado.
O espetáculo de dança baseia-se em obras clássicas da literatura brasileira de suma importância no contexto social do país, principalmente na região Nordeste. Para a montagem de "Duas Águas", os livros "Morte e Vida Severina", de João Cabral de Melo Neto; "Vidas Secas", de Graciliano Ramos, e "O Quinze", de Raquel de Queiroz, serviram de inspiração para o enredo.
As referidas obras são clássicos que retratam a dura vida do povo nordestino, bem como suas dificuldades e o meio social. Desta forma, os livros se tornaram referências para se conhecer o drama do Nordeste, principalmente no que diz respeito à seca.
Por este motivo, segundo a organização, as obras servem de subsídio para a história do espetáculo "Duas Águas". A ideia do Grudum é desenvolver uma apresentação que retrate fielmente a vida, dificuldades e vitórias do povo nordestino, com um texto capaz de fazer com que os espectadores se identifiquem com a trama.
Os ingressos para o espetáculo estão sendo vendidos na Livraria Rainha da Paz, na praça Vigário Antônio Joaquim, na Escola Pe. Dehon e na bilheteria do Teatro Municipal. O valor da senha é R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). A organização informa que toda a bilheteria será revertida para a construção do Mosteiro da Santíssima Trindade, de inspiração beneditina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário